Fim da Calvice? Confira Soluções Para Combater a Calvície!

Descubra Como Acabar Com a Calvície Usando Vitaminas, Remédios e Outras Soluções Naturais!

A sociedade moderna mostra uma enorme preocupação com a imagem exterior, o que constitui um grande problemas para todas as pessoas que sofrem com a calvície.

Mas ninguém tem mais consciência disso do que as pessoas que sofrem desse mal.

Contrariamente ao que algumas pessoas pensam, a calvície não é um problema que apenas afeta o gênero masculino.

Mulheres (veja queda de cabelo feminina) e até crianças também podem ser afetadas por este problema, nada é mais desesperador para uma mulher do que algo acontecer com seus cabelos.

Crianças que sofrem com esse problema também podem ter sérios problemas de auto-estima, por isso é tão importante descobrir e tratar o quanto antes.

Caso você não entenda o que é calvície, veja o vídeo abaixo do Dr. Arthur Tycocinksi em que ele entra em detalhes sobre esse problema:

 

Possível Cura Para a Calvície Provocada Por Alopecia Areata

Nos pacientes que sofrem de alopecia areata, células especializadas do sistema imunológico atacam a raiz capilar, o que dá origem à queda de cabelo.

Há anos, uma equipe liderada por Angela Christiano, pertencente à Universidade de Columbia, dos Estados Unidos, já havia identificado as células responsáveis por este ataque à raiz capilar.

Agora, os pesquisadores americanos foram mais longe e encontraram o que pode ser a solução para quem sofre de calvície provocada por esta doença.

De acordo com o estudo publicado na revista Nature Medicine, a utilização de um ingrediente ativo (veja Follixin) usado no tratamento de um tipo pouco comum de câncer no sangue fez crescer completamente o cabelo em três pacientes calvos.

Qual o Tratamento Para Calvíce?

Para as milhares de pessoas que sofrem de calvície a grande questão é saber se há solução para todas as pessoas que sofrem do problema.

Felizmente pesquisadores estão sempre lançando novidades para ajudar pessoas que sofrem desse mal, alguns remédios auxiliam o organismo a renovar os folículos capilares e fazem com que eles consigam novamente crescer cabelos.

O tipo mais frequente de calvície é provocado por fatores hormonais e os pesquisadores já afirmaram que o remédio funciona também nesta situação, você também pode fazer uma solução caseira (leia mais aqui).

Remédios e vitaminas para calvíce:

Com os avanços tecnológicos, pesquisadores contam cada vez mais com o poder de máquinas para entender o funcionamento do corpo, e novos remédios para calvice são lançados no mercado.

Bom por um lado, ruim por outro, a verdade é que as causas do enfraquecimento do cabelo e consequentemente queda, varia de pessoa por pessoa. Por isso é tão difícil encontrar uma solução que funcione para todos os casos.

O recomendado nesse caso é experimentar esses remédios e ver como seu organismo irá se beneficiar deles.

Em alguns casos, essas vitaminas e remédios podem auxiliar paralisando a perda de cabelo e entradas.

O melhor remédio para calvície feminina está sendo o Nova Repair, pois na maioria dos casos, os cabelos das mulheres caem por causa de má nutrição.

Homens que querem se livrar desse problema podem fazer uso de alguns remédios vitamínicos como o Follixin.

Cirurgia para restaurar os cabelos:

A maneira de crescer cabelos na cabeça com quase 100% de sucesso são as cirurgias, em que o cirurgião remove os folículos de outras partes do corpo e os transplantam na cabeça.

Além de ser um processo caro, é também doloroso e longe da realidade de muitos brasileiros.

Perucas definitivas ou não:

O uso de perucas é relativamente barato mas pode causar embaraçamento caso ela caia.

Cabeleireiros estão inovando com perucas que são fixas no couro cabelo e parecem ser de verdade, porém, com o tempo você terá que remover e renovar.

Essas perucas definitivas tendem a perder a qualidade com o tempo, pois os cabelos não são nutridos adequadamente.

Shampoos e sprays:

Shampoos e sprays para calvície se tornam uma opção atraente por ser de fácil aplicação, mas como mencionado no começo desse artigo, as causas dessa doença são relacionadas ao organismo.

Cuidar da parte externa (cabelos já crescidos) não evitará seus cabelos de caírem, o que você precisa fazer é nutrir seu corpo da forma correta para que não haja deficiência de nutrientes.

Sprays e shampoos ajudam, mas não são soluções definitivas.

Conheça Outras Causas da Queda De Cabelo

Além dos fatores hormonais, existem um grande número de situações que podem contribuir para a queda de cabelo e calvície.

As principais causas da calvície são:

Má alimentação – Pessoas que fazem uma alimentação pobre em vitaminas, proteínas, minerais ou carboidratos estão mais expostas a sofrer de queda de cabelo.

Para que o folículo possa crescer precisa de muitos minerais, especialmente de ferro.

Fazer uma alimentação equilibrada é importante para assegurar a saúde capilar, para mulheres há uma vitamina que ajuda o cabelo a crescer.

Utilização de chapinha e secador – O uso em excesso de chapinha e secador após o banho danifica o cabelo e torna-o mais frágil.

Hereditariedade – A calvície está muitas vezes relacionada com questões hereditárias.

A probabilidade desta condição ser transmitida de pai para filho é de cerca de 15%, um valor bastante relevante.

Quem tem os genes responsáveis por este problema pode notar os primeiros sintomas logo após fazer 20 anos de idade (e por vezes até mais cedo).

Remédios – Diversos remédios, como antidepressivos, antibióticos e anabolizantes são conhecidos por enfraquecerem o cabelo.

Entre estes, os remédios que mais fragilizam os fios capilares são os antidepressivos, uma vez que atuam sobre o sistema nervoso, interrompendo o ciclo de crescimento do cabelo.

Estados de Stress – Estados prolongados de stress obrigam nosso corpo a consumir mais energia, o que pode afetar de forma negativa o nascimento e crescimento de novos fios capilares, conduzindo assim à calvície.

É importante perceber que em muitos casos, a queda de cabelo e a calvície não estão relacionadas com apenas uma causa, podendo ser o resultado de múltiplos fatores combinados.